17 de agosto de 2017



Como deve ser a alimentação de nossos peixes ornamentais?


Se queremos nossos peixes saudáveis e com uma grande expectativa de vida devemos nos preocupar com um fator muito importante e indispensável, na vida de qualquer ser vivo!

Nos dias de hoje encontramos uma imensa variedade de alimentação que pode ser dada a nossos peixes, assim contendo cada tipo especifico sua qualidade, seja ela em flocos, granuladas, congelados, alimentos vivos ou vegetais. Em nossos aquários, quanto maior for a variedade de alimentação, consequentemente será melhor a saúde de nossos peixes, por isso, não se prenda a uma única alimentação, varie!

Nos diferentes tipos de alimentos temos os que são secos (rações), que por sua vez são bem aceitos na maioria das vezes por quase todas as espécies de peixe, e muito valorizado por possuir uma ótima quantidade e qualidade de nutrientes que todos os peixes precisam.

Entre as categorias de peixes temos os Herbívoros, Carnívoros, Onívoros, Detritívoros, Iliófagos:

Herbívoros: São peixes que se alimentam a base de vegetais, macro e microalgas bentônicas e fitoplâncton.
Carnívoros: Peixes que selecionam alimentos de origem animal. Os de agua doce se alimentam bastante de insetos, que se encontram em abundancia na natureza o ano todo.
Onívoros: Peixes que possuem sua base de alimento vegetal e animal
Detritívoros: Peixes que se alimentam de matéria orgânica animal em putrefação ou matéria vegetal em fermentação. Algumas espécies possuem sua base de alimentos compostas por algas e bactérias.



Lista de Vitaminas e suas funções a nossos peixes

A – Visão, protetor de pele
B1 – Obtenção de energia
B2 – Digestão de proteínas, crescimento muscular
B5 – Deficiência poderá causar problemas nas guelras
B6 – Deficiência poderá causar distúrbios motores
C – Resistência contra doenças gerais e crescimento do esqueleto
E – Hormônio de fertilidade, estabiliza vitaminas

Como alimentar corretamente o meu peixe?

Costumamos dizer que não existe uma regra especifica em relação a quantidade exata de alimentos. Recomendamos alimentá-los de duas ou três vezes ao dia em pequenas porções do determinado alimento, fazendo assim que os mesmos sejam consumidos em menos de 5 minutos. É muito importante que verifique se não está sobrando ração, essas por sua vez acabam gerando amônia em nossos aquários.

Os alimentos mais fácies de serem encontrados e muito bem recomendados são:

§ Artêmia salina: Rica em gordura e vitaminas C, A e B. Alimento perfeito para grande maioria de peixes ornamentais, principalmente vivas. Cistos de artêmias são indicados para alevinos.

§ Tubifex: Alimento liofilizado, vivos podem conter parasitas. Rico em vitaminas B,C e A. É um pequeno anelídeo (grupo de minhocas), que costuma crescer em ambientes lamacentos ou esgotos.

§ Rações Granuladas: Serve como base para todo tipo de peixe, cada uma com sua especialidade. Geralmente são ricas em vitamina C.

§ Rações em flocos: Idem a granulada, contêm vitaminas de acordo com o fabricante. Geralmente são fornecidos para peixes de pequeno e médio porte .

§ Larvas de mosquito: Apesar de não serem alimentos tão ricos, deverá ser ministrado como complemento de outros alimentos vivos e servem bem para peixes de superfície ou meia água. Poderá facilmente ser obtido, deixando um recipiente com água ao ar livre onde as moscas depositarão seus ovos. Geralmente eclodem em 8 dias. Cuidado para não confundir estas larvas com larvas de libélulas (lavadeiras), pois estas são predadores vorazes, podendo matar peixes menores.

§ Tenébrio: É uma espécie de besouro conhecido como Tenébrio molitor. Comumente utilizado como alimento vivo para peixes de médio e grande porte. Também usado para peixes menores em pequenos pedaços.

Como deve ser a alimentação de nossos peixes ornamentais? Se queremos nossos peixes saudáveis e com uma grande expectativa de vida...